Glossário de Termos Náuticos Comuns ao Navegante Amador

  • Este Glossário tem o propósito de apresentar a terminologia básica utilizada na navegação amadora, tendo como referência a NORMAM-03/DPC.
  • A
  • Antepara - Cada uma das divisões transversais e longitudinais que separam os diversos compartimentos das grandes embarcações.
  • AB - Arqueação Bruta. A arqueação bruta (AB) é um valor adimensional relacionado com o volume interno total de uma embarcação. A AB é calculada com base no volume moldado de todos os espaços fechados do navio e é usada para determinar, por exemplo, as regras de governo, manobra e segurança da embarcação, bem como as taxas de registro e portuárias.
  • Abicada - A embarcação encontra-se abicada quando navega com a proa mais baixa que a popa, ou seja, calado a vante maior que o calado a ré.
  • Adernar - É a inclinação para um dos bordos da embarcação e é medida em graus, o mesmo que banda.
  • AG - Abreviatura para Agência da Capitania dos Portos - podendo ser também "Fluvial".
  • Alheta - Ponto na embarcação entre o través e a popa.
  • Amador - Todo aquele com habilitação certificada pela Autoridade Marítima para operar embarcações de esporte e/ou recreio, em caráter NÃO profissional.
  • Amarra - Cabo ou corrente que liga o ferro (âncora) à embarcação.
  • Âncora - Comumente chamada de ferro, é usada para manter a embarcação presa ao fundo, de forma que ela fique estacionada em local apropriado.
  • Área adjacentes às praias - Compreende a área em todo o entorno de uma faixa de praia, seja marítima, fluvial ou lacustre, até o limite de 200 metros medidos a partir da linha da arrebentação das ondas ou, no caso de rios, lagos e lagoas onde se inicia o espelho d’água.
  • Áreas de Navegação - São as áreas onde uma embarcação empreende uma singradura ou navegação, e são dividas em mar aberto e interior.
  • Arqueação - Medida da capacidade dos espaços internos de uma embarcação, determinado em função do volume de todos os espaços fechados.
  • Arrais-Amador - É a pessoa habilitada a conduzir embarcações dentro dos limites da navegação interior, exceto moto aquática.
  • Atracar - Amarrar a embarcação a um cais ou outra embarcação.
  • Avisos aos Navegantes - É uma publicação quinzenal elaborada pelo Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), sob delegação da Diretoria de Hidrografia e Navegação (DHN), com o propósito de fornecer aos navegantes e usuários em geral, informações destinadas à atualização das cartas e publicações náuticas brasileiras.
  • B
  • Balsa Salva-Vidas - Equipamento de Salvatagem normalmente armazenado em casulo, inflado por dispositivo especial.
  • Baleeira - Embarcação a remo ou vela, com proa e popa de formatos semelhantes.
  • Boia - Aparelhos flutuantes, de dimensões, formas e cores definidas, fundeadas por amarras, ferros ou poitas, em locais previamente determinados. Podem ser luminosas, quando providas de aparelho de luz, ou cegas, destinando-se, respectivamente, a orientar a navegação de dia e de noite, ou apenas no período diurno.
  • Boia de Arinque - Boia de pequeno tamanho, normalmente em formato cônico, destinada a assinalar onde foi jogada a âncora.
  • Bordos - Os dois lados de uma embarcação (bombordo e boreste).
  • Bombordo - Bordo esquerdo da embarcação, considerando-se a proa como sua frente.
  • Boreste - Bordo direito da embarcação para quem, da popa, olha para a proa. (A Marinha de Guerra do Brasil adotou, em 1884, este termo em vez de estibordo, para, nas vozes de manobra, evitar confusão com bombordo).
  • Bússola ou Agulha - Instrumento usado a bordo para orientar o navegante.
  • C
  • Cabos - Qualquer corda utilizada a bordo de uma embarcação, exceto a corda do sino, que é chamada corda mesmo.
  • Calado - Distância vertical entre a superfície da água em que a embarcação flutua e a face inferior da sua quilha.
  • Camalotes - Arbustos, folhagens que se despreendem descendo um rio.
  • CHA - Abreviatura de Carteira de Habilitação de Amador.
  • Comandante - Também denominado Mestre, Arrais ou Patrão, é a designação do tripulante responsável pela operação e manutenção da embarcação, em condições de segurança extensivas à carga, aos tripulantes e às demais pessoas a bordo.
  • CP - Abreviatura para Capitania dos Portos.
  • CSN - Certificado de Segurança da Navegação.
  • CTS - Cartão de Tripulação de Segurança - Documento emitido pelas CP/DL/AG que apresenta a composição mínima da tripulação de uma embarcação para poder operá-la com segurança.
  • D
  • Derrabada - É a inclinação para uma das extremidades; o navio está de popa, derrabado, ou terá trim pela popa, quando estiver inclinado para ré. Assim, quando o calado á ré (popa) é maior que o calado a vante (proa), dizemos que a embarcação está "derrabada".
  • Desatracar - Desencostar e afastar (embarcação) de cais ou de outra embarcação a que esteja atracada.
  • DL - Abreviação para Delegacia da Capitania dos Portos, podendo ser também "Fluvial".
  • DPC - Abreviatura para Diretoria de Portos e Costas.
  • E
  • Embarcação de Esporte e/ou Recreio - São embarcações utilizadas para lazer, com fins não comerciais.
  • EPIRB - Aparelho emissor de sinais contínuos em determinada frequência para localização em caso de acidentes marítimos que necessitem de busca e localização.
  • Equipamento SOLAS - Equipamento de navegação certificado conforme o estabelecido na Convenção Internacional para a Salvaguarda da Vida Humana no Mar (SOLAS).
  • Escala Beaufort - A escala Beaufort foi criada pelo almirante britânico Sir Francis Beaufort em 1805 e estabelece uma correlação entre a velocidade do vento e o estado do mar.
  • Estabilidade Intacta - É a propriedade que tem a embarcação de retornar à sua posição inicial de equilíbrio, depois de cessada a força pertubadora que dela a afastou, considerando-se a situação de integridade estrtural da embarcação.
  • F
  • Fundear - Lançar a âncora no fundo do mar para prender a embarcação.
  • Fundeadouro - O mesmo que atracadouro.
  • G
  • GPS - É um receptor de sinais de rádio enviados pela rede de satélites GPS (Global Positioning System - Sistema de Posicionamento Global).
  • H
  • Hélice - Estrutura metálica, que serve para movimentar a embarcação através de seu próprio giro. Impulsiona a embarcação para avante ou para ré.
  • I
  • IALA - Sigla em inglês que significa Associação Internacional de Auxílios à Navegação Marítimos e Autoridades de Faróis (International Association of Marine Aids to Navigation and Lighthouse Authorities).
  • Iate - Embarcação de grande porte, com comprimento igual ou superior a 24 metros.
  • IMO - Sigla em inglês que significa Organização Marítima Internacional (International Maritime Organization).
  • Inspeção Naval - Atividade de cunho administrativo destinada a fiscalizar o cumprimento da LESTA e RLESTA e demais instruções em vigor.
  • J
  • Jusante - Foz do rio, onde desemboca; ponto referencial ou seção de rio compreendido entre o observador e a foz de um rio.
  • L
  • Lançar ferro - Significa, utilizar-se da âncora para fundear a embarcação.
  • LESTA - Abreviatura da Lei 9.537/97, que dispõe sobre a Segurança do Tráfego Aquaviário.
  • Linha Base - É a linha de arrebentação das ondas ou, no caso de lagos e lagoas, onde se inicia o espelho d'água.
  • Lotação - Quantidade máxima de pessoas autorizadas a embarcar, incluindo a tripulação.
  • M
  • Marola - Mar agitado; onda grande. Elas são geradas pelo deslocamento da embarcação ou pelos ventos e correntes marinhas.
  • Material de Salvatagem - Equipamentos salva-vidas para uso em embarcações e plataformas marítimas, tais como, como coletes salva-vidas, bóias salva-vidas, balsas salva-vidas e etc.
  • Montante - Nascente do rio; ponto referencial ou seção de rio compreendido entre o observador e a nascente de um rio.
  • Milha Náutica - Unidade de distância usada em navegação. (A Conferência Hidrográfica de 1929 fixou seu valor em exatos 1.852 metros).
  • Moto Aquática - Embarcações conhecidas comumente como jet-ski ou similar.
  • N
  • Navegação em Mar Aberto - A navegação realizada em águas marítimas consideradas desabrigadas.
  • Navegação Costeira - A navegação realizada dentro dos limites de visibilidade da costa até a distância máxima de 20 milhas náuticas.
  • Navegação oceânica - A navegação considerada sem restrições e realizada além das 20 milhas náuticas da costa.
  • Navegação Interior - A navegação realizada em águas consideradas abrigadas ou parcialmente abrigadas.
  • - Unidade de velocidade utilizada em navegação, 1 nó equivale a 1 milha náutica por hora, cerca de 1.852 metros.
  • NORMAM - Abreviatura de Normas da Autoridade Marítima.
  • NPCP - Normas e Procedimentos para as Capitanias dos Portos - São regras específicas estabelecidas pelas Capitanias dos Portos, que complementam as Normas da Autoridade Marítima, adequandoas, no que couber, às peculiaridades regionais de suas áreas de jurisdição.
  • NPCF - O mesmo que NPCP, porém com regras específicas para as Capitanias Fluviais.
  • P
  • Paranás/Reveses - Trecho de um mesmo rio envolvendo ilhas. Espécie de atalho.
  • PRPM - Provisão de Registro da Propriedade Marítima (Documento de registro de embarcações classificadas como de Grande Porte - IATE).
  • R
  • Refletor Radar - São dispositivos passivos que amplificam a identificação de uma embarcação na tela do radar de outra embarcação.
  • RIPEAM - Regulamento Internacional para Evitar Abalroamento no Mar.
  • RLESTA - Decreto no 2.596 de 18 de maio de 1998, que a regulamenta a Lei no 9.537/97 (LESTA).
  • S
  • Singradura - Caminho ou rota que o navio percorre em um determinado espaço de tempo.
  • SOLAS - Sigla em inglês que significa Convenção Internacional para a Salvaguarda da Vida Humana no Mar (International Convention for the Safety Of Life At Sea, 1974/1988).
  • T
  • Talvegue - Canal mais profundo de um rio.
  • TIE - Título de Inscrição de Embarcação (documento de inscrição de embarcações clasificadas como de Médio Porte.
  • TIEM - Título de Inscrição de Embarcação Miúda (documento de inscrição de embarcações classificadas como Miúdas).
  • Tráfego Aquaviário - Situação da navegação caracterizada pela observação de regras de movimentação, pré-estabelecidas ou não, que consideram a condução da embarcação quando esta interage com outras ou com sistemas.
  • Tripulante - Amador ou profissional que exerce funções, embarcado, na operação da embarcação.
  • V
  • Volta rápida - curva muito fechada do rio, decorrente da formação de sacados.
  • Volta redonda - Mantém a mesma curvatura na extensão de um rio.
  • Vaga - No mar, espaço de mar entre duas ondas.
  • Via Navegável - Espaço físico, natural ou não, nas águas dos oceanos, mares, rios, lagos e lagoas utilizado para a navegação.
  • Via Navegável Interior - Via navegável situada dentro de limites terrestres, tais como rios, lagos, lagoas e canais, etc.

Conheça o Dicionário Naval. Disponível nas versões Android e IOS, o aplicativo pode ser instalado gratuitamente a partir do "Play Store" ou "App Store".